segunda-feira, julho 31, 2006

como e onde vai isto tudo parar?



link:

13 comentários:

Quem? disse...

não me conformo...costumamos aprender com os erros do passado e não os deviamos voltar a cometer, mas parece que a humanidade nunca aprenderá. Dói.

a vida passou de raspão e feriu-me de morte disse...

quantos mussulmanos conheces?
e quantos judeus conheces?

Quem? disse...

posso-te perguntar o que queres dizer com essas perguntas?É que não entendo o que é que o conhecer tem de relevante para aquilo que se está a passar...

Nan disse...

a história do homem é uma história de guerra...and it will be till the final cut.

a vida passou de raspão e feriu-me de morte disse...

se não entendes o que é que o conhecer tem de relevante não te posso ajudar,
mas não é de "longe" que vais entender o que se passa nem a relevância de conhecer os personagens implicados.

Quem? disse...

Quantos muçulmanos e quantos judeus preciso de conhecer para formar opinião?

chat-ice disse...

negócios e interesses.
nunca acaba.
sairam dos campos de concentração.
ninguém os quis na Europa.
a Grâ-Bretanha deu-lhe uma terra que não era dela.
cmeçaram a mandar bombas para quem lá estava (palestinianos).
estes não gostaram mas ficaram sem as suas terras.
agora mandam pedras.
israel vai ter sempre que se dfender à lei da bala.

ninguém gosta que lhe tirem à força aquilo que é seu.

deve sempre pedir-se "com licença"

a vida passou de raspão e feriu-me de morte disse...

para formares uma opinião?, não sei, isso depende de ti e da opinião que queres formar...
mas sei qual a opinião que eles têm de ti.

INDIGENTE ANDRAJOSO disse...

qual?

Quem? disse...

Porque és tão preconceituoso?
Eu conheço muçulmanos e tu não sabes a opinião que eles têm de mim! Não é concerteza a tua...

a vida passou de raspão e feriu-me de morte disse...

sou preconceituoso, mas não tanto assim...
falas de muçulmanos portugueses? a comunidade muçulmana em portugal é demasiado pequena para abrir a boca. passa pelos suburbios de Paris, ou vai à Algéria ou à Tunisia, ou melhor, vai até ao Afeganistão e vais ver como o comportamento dos teus amigos vai mudar...
também podes dar uma vista de olhos pela Tora, pelo Corão e mesmo pela Charia e, depois, podes vir chamar-me de preconceituoso.
não te conheço, por isso não tenho qualquer opinião sobre ti,
mas também conheço muçulmanos e sei a opinião que eles portam sobre as mulheres que não portam a burka ou o foulard, que comem porco e bebem alcool, que portam piercings...
sim, eu também conheço muçulmanos, e para além de os conhecer, trabalho com eles, shiitas, sunitas, e tb católicos ortodoxos, protestantes, católicos romanos, ateus e judeus (incluindo o patrão). são estes os meus colegas de trabalho, todos têm uma história de guerra ou assassinato religioso na familia, e o ambiente é todos os dias de cortar à "bomba"...
gostaria de ver alguém a não se conformar à frente destes tipos, para ver quanto tempo antes da primeira facada.

INDIGENTE ANDRAJOSO disse...

calma...

nao conseguem falar sem ser causticos?

Quem? disse...

Eu não sou preconceituosa , nem racista e muito menos ingénua...Respeito o que é de cada um dentro das diferentes culturas, raças e credos...Mas a guerra não me deixa nada indiferente e continuarei sempre a ficar consternada quando se derrama sangue a troco de ódio e de intolerância. Desculpa se de algum modo te ofendi, apenas estava a tentar perceber o porquê dessa revolta...Já percebi que afinal eu devo ser muito ignorante. Beijos.
;) e paz...se não me levas a mal...