quinta-feira, fevereiro 08, 2007

o poder residual...



o senhor josé sá fernandes colocou uma providência cautelar no túnel do marquês, providência esta que em tribunal se provou não ter justificação, o que fez suspender as obras por 9 meses e que fez gastar dos nossos bolsos 4 milhões de euros...

e ainda saem noticias destas "Sá Fernandes exigiu saber junto do presidente da autarquia quando e como é que a obra será concluída: "Os trabalhos estão atrasados em mais de 18 meses o que é inaceitável", rematou" no DN

porque é que neste pais há pessoas que não são responsabilizadas pelos seus actos?

estou a trabalhar num projecto "passível" de ser suspenso por uma providencia cautelar, que não será justificada, mas mesmo assim poderá fazer gastar muito dinheiro com o traso subsequente, ninguem será responsabilizado...

às vezes parece mesmo que estão a gozar connosco...


3 comentários:

carlopod disse...

eu acho que a responsabilidade é dos tribunais.
uma providência cautelar tem sempre carácter de urgência, se bem me lembro a do josé sá fernandes emperrou as obras porque o tribunal de 1ª instância lhe deu razão...

INDIGENTE ANDRAJOSO disse...

sim, mas fácilmente um bom advogado consegue argumentos para quase tudo, pelo menos no início

Anónimo disse...

Costumava-se dizer na giria, que os advogados são os melhores mentirosos, defendiam até o Diabo contra a (sua) própria mãe! Não sei como é que ainda não fizeram uma visita às contas e demais finanças deste Sr.!Grande lata, o individuo atrasa as obras antes e agora faz reparos em relação ao atraso que o próprio ajudou a criar!?Apetece dizer:-MAS ESTÁ TUDO PARVO!?Deixem mas é de promover esse Sr. e o seu clã de manos(sic) advogados e engenheiros...PRECISAMOS DE GENTE QUE TRABALHE! Não de um burguês armado em Trotskista...