segunda-feira, março 19, 2007

back to old school...






todos temos as “nossa bandas” na altura dos tempos incertos da adolescência, todos temos os nossos pequenos “deuses” postos no altar/porta em forma de cartaz…

na altura, aliás um pouco mais tarde da altura, cometi o erro de trocar quase todos os meus cd’s de música esquisita para conseguir comprar outros de musica ainda mais esquisita, foi um grande erro… perdi discografias completas

ainda vou a tempo de recuperar, ando a ressuscitar aos poucos essas musicas/memórias das matinés domingueiras, os feriados das aulas que eram passados na garagem certa tertúlia de medos e rituais de iniciação de homem moderno, dos filmes pornográficos em super-8 do pai de um que eram vistos tal cinema do mais escuro que há, dos corações a bater fortemente ao som de “and nothing else matters” ao mesmo tempo que se experimentava o que é percorrer as mãos num corpo alheio, o que é o sabor de outra boca, os primeiros travos, as primeiras intoxicações, o primeiro grupo, as primeiras rejeições, as primeiras desilusões, os primeiros conflitos, os primeiros amigos para a vida, todos mudaram, uns morreram, uns foram presos, uns tornaram-se negros, uns conseguiram, uns surpreenderam, uns são felizes os outros não

incontornavelmente os nirvana foram uma banda-sonora destas histórias, também os vendi…

comprei este sábado o incesticide e voltei a sentir o cheiro ocre e quente de maça/licor/cigarro/mel e lábios carnudos dessa altura, vou ter de volta os meus cd’s…

5 comentários:

expatriada disse...

entao e a praia? nao houve este fds? por aqui a nevar, por ai um granda sol e vcs nao foram pra praia?

normajean disse...

curioso...ontem ouvi por acaso os Nirvana...o que me recordou outras ilusões, outros beijos...mas eu já não era adolescente ;)

indigente disse...

agora sei que a adulescencia é mais que uma idade...

;)

indigente disse...

errata: adolescência

intruso disse...

revivalismo no ar...
tb os ouvi há uns dias atrás...