quinta-feira, abril 12, 2007

portugal dos engenheiros...



o arquitecto fernando távora contava uma história de que havia um conhecido seu, amigo da sua família, que sempre que o via cumprimentava-o com um “bom dia senhor engenheiro”, ele deixou passar isso algumas vezes até que retorquiu “bom dia, mas sabe… eu não sou engenheiro, sou arquitecto”, “sim eu sei, mas sabe… é que eu tenho-lhe um grande apreço”

8 comentários:

ZEP disse...

loolooololll

ariana luna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ruka disse...

Lollll.
Sinceramente...
Anda tudo doido neste pais porque causa do outro ser ou não ser Engenheiro. Eu fiquei na mesma, ou seja sem perceber pevas.
Mas com a fortuna que a rapaziada paga para a ordem...

São afirmações como esta que mostram a mentalidade ainda existente na sociedade portuguesa...

indigente andrajoso disse...

a mim ainda me calha chamarem-me "sr. engenheiro..." mas normalmente é so para picar...

ariana luna disse...

Eu que sou designer, chamam-me arquitecta!

[Não há pachorra!...]

carlopod disse...

acho que este post é uma indirecta do indigente a pedir para o tratarmos por engenheiro.
na boa, engenheiro, à vontade do freguês!

Ruka disse...

Lol!
Eu por acaso acho que não carlopod.
Eu costumo chamar Sr. Eng. ao Indigente só para o picar e olha que ele fica bem lixado.

Né Sor Arquitonto?

indigente andrajoso disse...

não vale a pena me chamarem, para alem do facto de já haverem senhores engenheiros que cheguem, não me querem ver a repetir a cena do exorcista em que a regan retorce a cabeça e depois vomita sobre os presentes...

hehehe

tou a brincar, mas não gosto que me chamem por titulos académicos, sejam legitimos ou não...