quinta-feira, agosto 09, 2007

eu é mais serafins(*)....

Rafael Jiménez (Taberna el moro)


ontem tive jantar com o pessoal da oficina, petiscos em casa de uma colega, tudo muito bom, boa companhia, boa comida e boa bebida...

fala-se de bares, "temos que ir ao novo bar, muita giro do grupo K(apa)", "à é e tal?"(as perguntas do costume), entao começou-se a falar dos preços, da musica, das pessoas, das bebidas maradas...

eu só a pensar... "eu é mais bairro alto", eles foram, ja era tarde, não fui, até gostava de ir lá espreitar aquilo (diz que é muito giro), mas fica para outro dia...

avante, dei por mim a pensar que há mesmo sítios e ambientes que não casam comigo, tudo o que seja muito pipi, muito cócó, muito snob e de sotaque anasalado, os engates alternados entre o catálogo do plástico e o plástico da carteira, os sapatos de vela, os preços que se pagam e o desprestigio com que se olha (como se fosse sinónimo de nomes com mais do que 7 sílabasmas que insistem em abreviar so para uma), isso tudo da-me arrepios ...

eu é mais tabernas, eclectismo, miscigenação, unhas sujas da terra e colarinhos sujos de baton, voz rouca do bagaço, absinto e água das pedras, vinho rasca ao lado de vinho muito bom, desconhecido, conhecer as pessoas pelo nome, musica entreaberta para se conversar, musica que se pede, haver fiado e uma coisa estranha chamada abaladiça...

não me compreendam mal, sou flúido, consigo-me mexer bem em ambientes diferentes, ser cordial e alinhar com o teatro, ser diferente e ao mesmo tempo estar bem, é só que as minhas preferências vão para outro lado...

eu é mais serafins (*)(já agora os serafins são uns copos pequenos e estreitos com um circulo branco em toda a volta que há nas tabernas, chega-se, pede-se um serafim e manda-se abaixo um shot de tintol) do que bebidas brancas maradas carissímas...

tabernas para aqui, tabernas para ali o meu contributo para o jantar de ontem foi uma sangria de champanhe, morango, amoras e kiwi... hã?

7 comentários:

quem? disse...

eu tou há duas semanas com sotaque anasalado...ainda gostas de mim á mesma? ehehheheheh
O que vale é que imito bem o bart simpson e dá pra te rires, ne?

indigente andrajoso disse...

isso vai passar depressa... ;-)

carlopod disse...

temos mesmo q combinar uns serafins

Mr. MyShadow disse...

A mim, impuseram os serafins!

MMQ disse...

pois eu tenho saudades de noites dessas, pessoas bronzeadas, bem vestidas, anasaladas, futeis, espaços giros, luxos desnecessários...

às vezes evitamos tanto esse mundo que acabamos para ir para o completo oposto, com gente feia, caves cheias de fumo, odores a transpiração intensa e troncos nus (que nao são la grande coisa...)

não existe um meio termo? just think about that mr alternative guy!

o verdadeira alternativo... sabe alternar! ;)

indigente andrajoso disse...

claro que sim meu caro, é essa a ideia mesmo, agora futilidades, já chega as minhas...

ou melhor, futilidades prefiro as nossas, falar de merda nenhuma com a seriedade de quem resolve o mundo ou resolver o mundo com a seriedade de quem fala de merdas...

:)

em relação aos buracos escuros... não é sempre, e há alternância descança... ;)

Letras de Babel disse...

não é o meu género, até porque não bebo, mas dá pena ver as tabernas a desaparecerem. marcaram uma época.

a propósito: tenho uma colecção de copos de taberna com cerca de 100 anos. aquilo veio parar-me às mãos, há uns anos, via falecimento dos pais da irmã da minha sogra. são daqueles pequeninos, feitos de um vidro com quase 1 cm de espessura. mesmo cool.

se calhar vou leiloá-los, como tu com as tuas fotos...

:)

bjs