quarta-feira, outubro 03, 2007

nevermind...

nevermind - nirvana ligeiramente alterada...



quando era mais puto pensava que a nossa (minha) geração é que era, que ia dar a volta à coisa… era a geração pós-rasca, ou coisa que a valha…

não sei bem porquê mas achava diferente de tudo o resto, uma nova onda de gente não desligada do passado mas com ele resolvido, o pós retorno e o pós democracia

pensava mesmo isso, não sei se ainda penso… sou uma espécie de trágico optimista sem saber realmente o que isso quer dizer, tento ver sempre as coisas positivas da vida e por outro lado dou-lhes um grande desprezo… vá-se lá perceber…

pensava na altura que a geração podia evoluir, largar os preconceitos e acordar para o mundo, isso já não acredito…

há pequenos episódios que me arrepiam por dentro, pequenos episódios de desilusão…

arrepia-me ver um gajo da minha idade a ralhar com a esposa, da minha idade, por ela ter demorado demasiado tempo a lavar a loiça de um jantar que não era o que ele queria…

arrepia-me ver gajos da minha idade que se conformam com a sua condição que os avós impuseram aos seus pais que lhes impõem agora, estudas apenas o suficiente, casas, tens filhos, finges que és feliz, finges mais um bocado, trata de não seres apanhado, e ai de ti que te separes…

arrepia-me ver gajos da minha idade a dizer abertamente que são racistas

arrepia-me gajos da minha idade que não dizem abertamente que são racistas mas no contexto certo é trata-se as pessoas por pretos, monhés, paneleiros, drogados, etc.

arrepia-me gajos da minha idade desempregados porque não se mexem

arrepia-me ver gajos da minha idade realmente burros e burros porque se querem fazer

arrepiam-me ver gajos da minha idade ex-reclusos

arrepiam-me ver gajos da minha idade que se conformaram e deixaram de lutar, tornaram-se iguais ás pessoas pais que criticavam ao som de nirvana música de guerrilha geracional da época…


claro que nem tudo nesta geração é mau, mas hoje acordei com neura... as coisas boas ficam para outro post...




10 comentários:

Vinagre disse...

Valeu pelos Nirvana.
Que saudades das tardes em que a nossa geração passava horas a ouvi-los. Andar a mocada em varias músicas etc...
Arrepiam-me os gajos que não sabem aproveitar o que têm e que ainda querem mais, e que não sabem aproveitar todas as oportunidades que a vida lhes da!

laura disse...

sabias que o puto da foto - que já cresceu, entretanto - quis ser indmenizado por considerar que a imagem feita é quase pornográfica e um atentado à sua privacidade? claro que, na altura, os 100 dólares que foram pagos aos pais pela imagem devem ter sabido bem... é assim...

gostei do teu texto. tb me arrepio com muita coisa do que falas...

ah, e gosto muito da tua imagem de topo. lindos, o espaço e o movimento...

carlopod disse...

belo manifesto.
eu já perdi a esperança na humanidade. deposito-a em indivíduos.
esta de que o puto pediu uma indemnização também diz muito do que é a geração mais jovem...

Lis disse...

Sinto os mesmos arrepios.

intruso disse...

bolas.........

(arrepiante)

indigente andrajoso disse...

arrepia-me decisões tomados pelo medo e não pela certeza, ou pela dúvida, ter sempre a certeza de tudo, ou pela dúvida saber o que achar...

purita disse...

há mentalidades que são realmente assustadoras!eu fico incrédula perante algumas delas!

MMQ disse...

depois já pessoas da tua idade fantasticas!!! como eu!!!

indigente andrajoso disse...

mmq... hehehe tu és mais novitos, mas és fantástico tambem...

;)

Isabela disse...

O blogue anda muito bonito. Gostei de cá vir. Beijos.