quinta-feira, fevereiro 07, 2008

o quadril e a pélvis da a ana malhoa...


a cantora ana malhoa vai lançar um novo álbum e ao mesmo tempo lança um novo site e ao mesmo tempo faz um upgrade de visual

muitos músicos apostam na sua imagem, a dimensão cénica e performativa de si próprios dá-nos uma imagem que associamos ao que ouvimos, todos nós temos referencias claras disso.

todos temos em mente imagens icónicas de músicos como o bigode do frank zappa, as metamorfoses de david bowie, o cabelo do marco paulo, o erotismo das pussy cat dolls, o androgínismo de marilyn manson, o lesbianismo das tatu, as pinturas dos Kiss, etc.

cá para mim antes de ser imagem um musico tem que ser musico, quer dizer, não tem que ser, mas para vingar, para as suas musicas perdurarem no tempo e na memória colectiva de todos nós a imagem tem que ser um acessório ou uma construção da personagem e não ao contrário… quando a personagem sobrepõe a musica há algo que está tremendamente errado

a ana malhoa lança o novo visual antes de mostrar a nova musica com um grande aviso que se pode ler em cima, ora quem está consciente e confiante da sua imagem, parece-me, que ao colocar um aviso em que se desculpa, em que diz “epá, desculpem lá, não atirem pedras porque há quem goste…”, está-se a dar um grande tiro no pé para não levar criticas de que não se gosta

das duas três, se algo é assumido tem que ser assumido conscientemente, se alguém está com medo das criticas é porque não está lá muito certo do que se está a fazer, se o que interessa é atingir um publico alvo, então que se lixe o resto

quando a coisa é assim tão espalhafatosa corre-se o risco da personagem se sobrepor ao que realmente interessa, a musica, facilmente se transforma num dom quixote hipnotizado pelas velas dos moinhos…

depois do aviso, podemos ver as imagens do novo visual da Ana, e é ver esse visual de trás, de frente, de lado, de perna aberta, de rabo espetado, a preto e branco, a cores, com água e sem água…

assim de cabeça, parece-me que todos conhecemos os seus fios dentais, as suas mamocas e as suas virilhas e no entanto só conseguimos trautear “primeiro vem o A, a, a, e a seguir vem o É, é, é, é,…”

10 comentários:

ZEP disse...

mais um bocado e esta já podia era ir para o wrestling!

Mr. MyShadow disse...

Seu porco... o meu post de amanhã era sobre a ana malhoa!

indigente andrajoso disse...

zep, heheh

shadow, e já não podes?

quem? disse...

que quadro tão surreal....o que tu queres sei eu !!!

olha as visitas a dispararem...lollolol

;)

carlopod disse...

é impressão minha ou ela está naqueles preparos NUM PARQUE INFANTIL?????? :-o

indy, gostei do esforço de comparação da ana malhoa com o frank zappa e o david bowie.

indigente andrajoso disse...

há algo de reconfortante nisso :-)

intruso disse...

Cá para mim um músico pode ter (ou não) um visual particular

Cá para mim o da Ana malhoa é piroso até mais não...

Cá para mim esta foto a subir o escorrega infantil é genial

(risos)

andré disse...

Que coisinha tão boa esta Ana qqcoisa!!! Estas Bandas novas... Modernices. Os MPeople é q têm de ter cuidado c a concorrência. Beijos Grandes e Gordos

MMQ disse...

espertalhao!!! pões a ana malhoa no blog e agora vais ter milhoes de visitas!

hothotheart disse...

o site dela parece um site xxx...
acho que quem fez o site deve ter um vasto curriculo nesse campo