quinta-feira, janeiro 27, 2005

Nada que sou me interessa


NADA QUE SOU me interessa.

Se existe em meu coração

Qualquer que tem pressa

Terá pressa em vão.


Nada que sou me pertence.

Se existo em que me conheço

Qualquer cousa que me vence

Depressa a esqueço.


Nada que sou eu serei.

Sonho, e só existe em meu ser,

Um sonho do que terei.

Só que o não hei de ter.

Fernando Pessoa


2 comentários:

Quem? disse...

Há em tudo que fazemos
Uma razão singular:
É que não é o que qu'remos.
Faz-se porque nós vivemos,
E viver é não pensar.

Se alguém pensasse na vida,
Morria de pensamento.
Por isso a vida vivida
É essa coisa esquecida
Entre um momento e um momento.

Mas nada importa que o seja
Ou que até deixe de o ser:
Mal é que a moral nos reja,
Bom é que ninguém nos veja;
Entre isso fica viver.

Fernando pessoa..o nosso salvador!

Quem? disse...

Há em tudo que fazemos
Uma razão singular:
É que não é o que qu'remos.
Faz-se porque nós vivemos,
E viver é não pensar.

Se alguém pensasse na vida,
Morria de pensamento.
Por isso a vida vivida
É essa coisa esquecida
Entre um momento e um momento.

Mas nada importa que o seja
Ou que até deixe de o ser:
Mal é que a moral nos reja,
Bom é que ninguém nos veja;
Entre isso fica viver.

Fernando pessoa