sexta-feira, junho 01, 2007

carlos bica no maxime, ou believer num sitio cócó



ontem foi assim, o concerto muito bom, alías dos vários que já vi deles foram todos bons...

agora o sítio... já não ia ao maxime desde o interregno e aquilo agora mudou, tornou-se pipi, cócó, antipático... mesas reservadas, não estrebucha, metade a realmente ver o concerto metade a mostrar o engate novo... os preços altos, para alem da entrada... atrasos enormes...

enfim, cága lá nisso, mas a verdade é que no anterior concerto o hot clube portou-se melhor que o maxime, isso sim, buraco escuro entre cotoveladas em mesas partilhadas, copos vinho e fumo a criar ambiente, é assim que se vê um concerto de jazz e cá para mim os musicos tocaram mais, melhor e com maior energia...

prefiro vinho rasca e bom ambiente do que flutes e glamur asséptico... manias

5 comentários:

quem? disse...

Abaixo-assino...Esta onda de Kitsch-elitista dá cabo de mim! mas enfim, alguns vão resistir é a munha esperança!

;)

expatriada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
expatriada disse...

na ultima (unica) vez q la fui foi na vossa companhia e foi girissimo! o lugar super engracado, o palco indescritivel, a disposicao das mesas unica e a decoracao incomparavel!
Porque e' q as pessoas gostam de mudar/estragar o q e' original e diferente?!
Li o titulo do blog e antes de ler o post pensei "este lugar e' muita giro!". Pelos vistos deveria ter pensado... este lugar era muita giro!!!

indigente andrajoso disse...

talvez numa noite "normal" seja diferente, não sei...

expatriada disse...

aguardaremos por essa noite normal ansiosamente!
gostava mesmo de repetir aquela borga! tenho andado a praticar o questionario de "quem canta a musica que ta a tocar"!

eheh